Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Aposta certeira da L'Oréal

por mandarina, em 16.04.14

A mais recente campanha em que participei do site Youzz Net foi na da Elvive Fibralogy, recebido o kit usei os produtos desde então. Gostei do resultado logo de início, esta nova gama promete um cabelo mais denso, com a sensação de que "temos mais cabelo do que na verdade temos", e eu não sendo expert nem nada, achei que vai ao encontro do que se propõe e é essa a sensação com qie ficamos. Para mim é óptimo, aliás para qualquer mulher que não tenha já um couro de cabelo farto, o meu é fininho, muito liso e leve. Precisa, portanto, de volume.

 

Aconselho a experimentar a gama, aliás já vi que por falta de publicidade não será, vê-se publicidade desta nova aposta da Elvive um pouco por todo o lado, em outdoors, nas paragens de autocarro, estampado nas estações de metro, nas vitrinas dos centros comerciais, em anúncios na TV. A L'Oréal quer levar esta nova fibralogy a todas as mulheres, e qual a mulher que não quer exibir um cabelo denso e bonito?

 

 

 

Ponto a favor: O design e as cores da embalagem, o aroma, e claro, o resultado prometido.

Ponto a melhorar: O produto deixa o cabelo pouco macio mesmo usando amaciador.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Solitudine*

por mandarina, em 24.10.13

Bom depois de ter lido esta notícia do DN pessoas, fiquei muito mais descansada agora que sei que uma das Top Models mais lindas do mundo, a Bar Refaeli, se queixa que está solteira e que não sabe porquê. Vai-se a ver e temos o mesmo problema not really. Eu estou a brincar mas a rapariga deve sofrer mesmo, com todos aqueles atributos (físicos) que possuí e depois coitada sozinha porque os homens têm, como ela diz, medo dela. Os homens tão uns maricas, é o que é, maricas e, quiçá, medricas também. Têm medo que as mulheres os ofusquem ou quê!?

 

A similitude das nossas situações acaba precisamente na expressão "continua solteira" porque eu, ao contrário da pobre rapariga que não sabe o porquê da sua condição, sei perfeitamente porquê.

Mas este senhor explica isso muito melhor que eu:

 

 

 roubado daqui

 

 

 

* Porque a palavra em italiano soa muito melhor que em português, mais leve e quase como que mágica.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A partilhar (ou então não)

por mandarina, em 05.06.12

Isto é um bocado estranho e íntimo demais para um post mas estou tão estupidificada que tinha de partilhar esta convosco. Já todos sabemos da existência de medicamentos com mentol, rebuçados com sabor a mentol, pastilhas elásticas, chocolate até, agora pensos diários (salvaslip) é que é mesmo novidade para mim. Que parece ter sido o que comprei, e não sabia que tinha comprado, mas digamos que a sensação que tive foi tão estranhamente refrescante que só consegui pensar "mas isto parece e cheira a mentol". Salvaslip de mentol, olha então está bem. E os chineses que não se lembrassem desta.

Digamos que é no mínimo refrescante. Se é! Que estranho...

Autoria e outros dados (tags, etc)

eu que até nem percebo nada de moda

por mandarina, em 21.05.12

Não quero dar uma de fashionista, essa arte que não me corre nas veias, limito-me a ter bom senso o que parece, julgando pelo que se vê por esse mundo fora, não tem abundado nas meninas que, das duas uma, ou gostam de dar nas vistas pelas piores razões ou simplesmente se vestem às escuras ou então a culpa é do sono.

É que já não basta ter de ver as profes a vestirem saias cheias de rendados, folhos, brilhantes e pinduricalhos que mais, e ainda não contentes com o resultado conjugarem cores que não lembra o diabo, como verde alface com amarelo limão. Um terror, até faz dor de olhos.

Não bastava este atropelo e depois ainda é ver outras colegas que, ao que aparenta, passam a vida nas compras e até têm roupa aceitável não fosse a falta de jeito a fazer conjugações que não lembram o diabo, tipo calças balão cinzentas com sweat ou t-shirt também cinzenta. Que raio de ideia de se vestirem da cabeça aos pés de uma só cor, ainda para mais, em cinzento, mesmo ao lado. É isso e a pobre da colega que, juro que se fosse amiga dela lhe dizia, conselho de amiga, que calçar umas sabrinas com meias de inverno é do mais feo que há. Coitada e ninguém a avisa, e logo a moça que até tem jeito para a coisa, e depois faz um erro destes crassos, coisa para lhe arruinar o look de si bem catita.

 

É só isto, nem sei a que propósito que pra mim a moda é coisa que me passa a léguas, e acho que não há coisa mais aborrecida do que pensar muito nisso é que para uma pessoa estar bem é só preciso ter bom senso e um espelho em casa, já agora.

Autoria e outros dados (tags, etc)

corpixto

por mandarina, em 10.05.12

Quando era mais nova tinha a mania, como todas as mulheres, de invejar o corpo das colegas e achar sempre que seria incapaz de mostrar as minhas pernas, pequenas, gordas e tortas. A questão é que crescemos, e não só a nível psicológico como a nível físico, e acabamos por aprender a gostar do que temos, do que somos, é que lá está à falta de melhor vamos fazer o quê? ficar eternamente a maldizermos a nossa sorte e a escondermo-nos atrás de roupas pouco ou nada femininas.

 

Hoje lido, espectacularmente, bem com o corpo que tenho, aceito-o e aprecio-o, nunca tive aspirações a top model, (nem altura confesso) nem nunca tive a mania das dietas, felizmente. Quanto ao que tenho, pode não ser o corpo mais perfeito, nem o mais fit, nem o desejado, nem o sonhado, mas quanto a isso, interiorizei que mais importante do que, efectivamente, temos, é saber valorizarmos o que temos. Isto porque a não ser que um dia sejamos podres de ricas e passemos às práticas cirurgicas e outras, nunca seremos barbies. Seremos sempre o que verdadeiramente nos dá graça, pessoas com corpos reais, com volume e formas imperfeitas mas únicos.

 

Por isso, se querem saber eu nunca vou ter um corpo ideal mas não será por isso que deixarei de mostrar as minhas pernas, de vestir calções, vestidos ou saias (curtas). Ser elegante e sexy é antes de ser uma qualidade inerente da pessoa, uma forma de estar, uma atitude. E enquanto não pararmos de nos compararmos às outras, mais altas, mais bonitas, mais boazonas nunca saberemos enxergar-nos com os olhos certos, aqueles que devem ver os pontos fortes, ignorar as imperfeições e assumir a mulher que há em si.

 

p.s.: o que também não quer dizer que os trajes tenham de ser curtíssimos, demasiado ousados a roçar o mau gosto ou que nos façam ser o centro das atenções.

Autoria e outros dados (tags, etc)

uso da cabeça

por mandarina, em 16.04.12

Consigo pensar em muito tipo de prisões psicológicas mas não consigo tirar da cabeça que a pior é, e sempre será, a incapacidade de certas pessoas pensarem por elas próprias e, em vez disso, deixarem a sua maior liberdade a cabo de terceiros. E que tal começarem a pensar pela vossa cabecinha e não a do namorado, marido, esposo, amigo, companheiro, etc. Isso sim é que era de valor, coisa para vos valer uma existência significante.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Did She Say That

por mandarina, em 13.04.12

"You should only settle with the right guy, you girl deserve the best one, and nothing but the best"* (deves ficar com o rapaz certo, mereces o melhor e não menos que isso) ao que eu respondi, "we all deserve, don't we?" (todas merecemos, não?). Tópico de conversa encerrado.

 

Fico feliz por ver a felicidade amorosa estampada na cara dos outros, a sério que sim, que inveja e mesquinhez é coisa de que não sofro (felizmente). Mas ao seu conselho amoroso diria apenas: Falar é fácil filha. Mas lá está, não lhe tiro razão, ainda que ...

 

*tradução do google que amei: "Você só deve transar com o cara certo, você, garota merece o melhor, e nada, mas o melhor" e viva o Brasiú... também tem lá a sua razão ah ahah!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pensamentos aleatórios #16

por mandarina, em 22.03.12

Não somos amigas mas se fossemos dir-te-ia: "ò filha pára de te convenceres de algo em que não acreditas, mudares quem és não vai mudar em nada a tua situação. Um favor que te fazias a ti própria seria assumir quem és, o que queres e o que sentes. Dizem que o amor é liberdade, mas tu fazes dele a tua própria prisão."

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pensamentos aleatórios #12

por mandarina, em 11.03.12

Às vezes dou por mim a pensar para com os meus botões de que se há coisa que me arrependo, e normalmente arrependo-me de muito pouca coisa, mas se há algo é, sem dúvida, falar demais sobre coisas que não tem porquê falar. Porque há palavras que não devem nunca ser pronunciadas, há sentimentos que não devem ser materializados e pensamentos que devem ficar no mais sigiloso e recôndito canto da nossa mente. Além de que há (in)certezas que devem ser subentendidas e factos que não devem ser revelados e muitas verdades deviam ficar para sempre no segredo dos deuses.

Sou mulher, e se há coisa que a mulher sabe fazer melhor é falar, falar tanto que chega a ficar surda com as suas próprias palavras e razões, parece que estamos constantemente a tentar convencer os outros das nossas verdades, das nossas certezas e principalmente da nossa lógica que Às vezes só faz mesmo lógica na nossa cabeça. Falar muito sobre uma coisa não a torna verdade, não melhora em nada a a nossa vida, não a muda em nada, não surte efeito no outro, quando muito deixa-o baralhado, furioso ou simplesmente indiferente.

 

Tenho a noção que falo sempre demais que a conta e sinto-me como um médico legista quando minuciosamente disseca um cadáver. Isto porque normalmente quando se fala demais fica-se sempre numa posição desprotegida e acaba-se, muitas vezes, a fazer figura de palerma uma vez que o morto está (já) nem aí ou, se, ainda está menos fica.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gritinho

por mandarina, em 10.03.12

Constatação do dia: 0% de celulite. Há anos que não via disto :) ou antes que a deixava de ver!

Gritinho histérico de gaja..... weeeeeeeeeeeeeeeeee

DeSculpem mas isto para uma gaja é quase tão bom como ganhar o último prémio do totoloto. Sucede muito raramente e dá um prazer daqueles.

 

p.s.: e não não tóu um pálito foi mesmo thanks to Spinning classes

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D



Favoritos