Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Nem às paredes confesso #2

por mandarina, em 13.02.12

...mas derreto-me com uns olhos azuis translúcidos e um sorriso genuíno e já agora também acho um piadão a uma pitada de timidez...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Nem às paredes confesso...*

por mandarina, em 30.01.12

... mas acho completamente irresistível quando "eles" escrevem ou enunciam o meu nome no meio de uma conversa mais séria seja para provar o seu ponto de vista ou para me chamar à atenção!

 

Acho que imprime uma carga dramática à coisa e torna tudo mais pessoal e até sexy.

 

 

*(nova rubrica aqui no "mandarina")

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Mr. Wrong

por mandarina, em 25.01.12

Na vida, primeiro é dar de caras com muitos mr.wrongs até encontrar o mr.right, 是不是? 是的!!!

 

olha musiquinha:

"Bad boys aint no good
Good boys aint no fun
Lord knows that I should
Run off with the right one"

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

idiotice do dia #2

por mandarina, em 12.01.12

Pedaços de mau caminho, é o que sois!

E mais não digo...

E agora vou masé dormir que amanhã o dia é comprido e a noite já vai longa...

 

晚安 (wan an) que é como quem diz (boa noite)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

idiotice do dia

por mandarina, em 09.01.12

Tenho cá para mim que era incapaz de me apaixonar por um moço chinês. Eu tenho mais buço que eles, e homem que é homem quer-se é de barba rija, daquelas que nos fazem delirar.

 

Mas vá meninas, este exemplar de homem asiático não tá nada mal. UHHHHHH

De informar que já saiu do mercado, infelizmente, com uma labisgóia qualquer francesa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Pedido de namoro sui generis

por mandarina, em 03.01.12

Porque ainda há pessoas a fazer-me o dia ao me deixarem a rir às gargalhadas em frente ao computador. Hoje sugeriram-me namoro via msn, mas o mais engrançado é a pessoa se encontrar a 5000km de distância, o que torna o pedido ainda mais ridículo, ah espera, não é por isso que é ridiculo, é mesmo porque entre nós não há, nunca houve nem nunca haverá nada. Vá, também não sejas mentirosa!Ok, pronto em tempos longínquos digamos que tive uma paixoneta pelo moço, felizmente passou rápido que Oh meu Deus, ele é a risota em pessoa. A ideia do cujo, "se eu for para aí (China? Wuhan? sei lá?) podemos namorar". E eu...what? Ai opa, risota (...)! Só comigo, juro que não sei se devia rir ou chorar. Do desespero alheio, medo, muito medo.

 

Deus queira que ele não venha aqui parar, mas, além disso, ainda disse, "eu quero muito ir, tenho muita vontade!" e eu, pois, acredito, muita vontade e muita necessidade e etcs. Deu para rir, visto que não é todos os dias que uma pessoa a 5000 km me propõe namoro, e ainda para mais diz que se muda para cá porque tem muita vontade.

 

Um conselho rapaz, se tens vontade mata-a, mas não comigo querido que não tenho escrito na testa "desesperada", ou será que vês os outros à tua medida?

 

Adenda: e nem me perguntou se achava bem ou se queria, partiu do pressuposto que por mim tudo bem, sim, sim vem daí que eu cá te espero(not). Dar corda a gente maluca/desesperada nunca dá em boa coisa, por corda entenda-se conversa, que a esta distância só se for ideias virtuais.

 

já dizia o outro,

The only normal people are the one's you don't know very well.*

 

*o que também não é o caso (não o conheço por ai além), mas do que conheço chega e basta, não quero aprofundar conhecimento, obrigado!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Momento embaraçoso do dia

por mandarina, em 14.11.11

Estava eu a fazer algo que nunca faço, que é estender os meus soutiens no entendal que tenho à porta, do lado de fora do quarto, e digo que nunca faço porque tenho um estendal próprio para a roupa interior e que deixo sempre na casa-de-banho. Hoje por acaso, não sei o que me deu que tive a ideia de os pôr lá fora, bela ideia, no momento que os tava a estender ouvi o elevador a parar e então aí, porque para além dos soutiens não tinha mais nada no entendal, corri a buscar um vestido para ocultar os soutiens, bem que a intenção era boa, era, mas não fui a tempo e o rapaz que passou por mim viu-os claro, aos soutiens e à minha atrapalhação para os esconder, vai daí que entoa um bem sonoro "HI" e eu, cabisbaixa, e a fazer de conta que não era nada comigo e que não tava minimamente envergonhada pela situação, digo um Hi bem pequenino e envergonhado e ele lá segue com um sorriso nos lábios.

Ai sinceramente, que mau timing pah! Reconheci o moço, no outro dia, pediu-me à descarada, como se fosse minha obrigação saber, ajuda para perceber como funcionava a máquina de lavar, pois, com pena minha, não consegui ajudar, queria centrifugar a roupa e eu não sei qual a função, lá está a função está escrita em caracteres chineses. E ele a insistir comigo e eu "pois mas eu não sei" ai, teimoso. És bem giro e grande e tens uns belos olhos azuis ou verdes, ainda não percebi bem, só tens é um enorme defeito, acho que és daqueles países onde as mulheres não são propriamente muito bem tratadas e isso tira-te de súbito a piada toda...

 

Belos momentos para acabar um dia em beleza :-O

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Que belas figuras no ginásio

por mandarina, em 27.10.11

Das coisas que me tiram do sério e me fazem sentir uma enorme repulsa é a falta de compostura de certos individuos com a sua nudez,  e, não eu não sou de todo uma pessoa picuinhas com estas questões. Bom enfim a questão é única e somente esta: frequento o ginásio da Universidade, não é nada de por aí além, acho o sitio um pouco sujo até, os equipamentos também não são espectacularmente modernos ou novos mas vão servindo para uma pessoa se ir mexendo, e eu bem preciso com o Inverno à porta. Bom até aqui tudo bem, o staff é simpático, não ajudam mas também não chateiam, tipo como aqueles instrutores que parece que te estão sempre a pôr defeitos porque pões a perna assim ou assado.

As pessoas que frequentam um ginásio são tanto internacionais como chineses, há de tudo, até aqui tudo bem também, acho bem que haja esta mistura interessante de nacionalidades no ginásio.

Agora meus amigos, o que realmente me tira do sério, é a seguinte situação: os moços acham piada, aqueles que pronto investem no corpinho tipo do género todos os dias a levantar pesos, e a suar e a pingar, pronto, aqueles que se gostam de exibir, mas estes ditos cujos acham o máximo andar sem t-shirt na porcaria do ginásio a andar a exibir os seus belos peitorais. E eu não acho normal, e digo isto de um chinês ou de um inglês, mas que m***a de à-vontade é este que os faz achar-se no direito de andar para ali, um espaço público, semi-nús e todos suados, todos pegajosos.

Tudo bem que tenham calor, mas eu também tenho e, nem por isso, ando toda descomposta no ginásio.

Tudo bem que se queiram exibir mas nunca ouviram dizer "less is more", é que desculpem lá eu não sou obrigada a ter de tar a ver-vos passar à minha frente como se tivessemos todos numa boa na praia. Sinceramente, podem achar-me conservadora, picuinhas etc, não se trata de nada disso, trata-se de ter maneiras, de saber estar em público e de não impor aos outros a vossa maneira cómoda de estar, é que não estão propriamente na vossa sala de estar a fazer exercício, estão num espaço público onde outras pessoas têm de levar com a vossa espectacular semi-nudez.

E para piorar a situação, sim porque eu desconfio que não haja nenhum tipo de restrição por parte do ginásio quanto à indumentária ou falta dela. Mas aconteceu-me esta situação que teria piada senão se tivesse passado comigo. Então estava eu descansadinha no meu canto a correr na passadeira, quando vejo que o moço chinês ao meu lado gesticulava muito para os meus lados, queria chamar a minha atenção, obrigou-me a tirar os phones dos ouvidos, tirei, perguntou-me de chapa :"are you american?", e sim ele tava de tronco nú para "embelezar" todo este cenário, ao que eu respondi "não sou, sou portuguesa", isto em chinês, e ele "can you speak chinese?" e eu "não" ao que ele fica intrigado, "tão mas se ela me tem respondido sempre em chinês e percebe as minhas perguntas é porque sabe", deve ter ele pensado para si, e então volta à carga "are you american?" e eu porra para o raio da conversa "no, I not, I´m portuguese" mas como ele não sabe nem sonha o que seja ser "portuguese ou vá 葡萄牙人 (putaoyaren) deixou pura e simplesmente de me incomodar porque enquanto pensava eu aproveitei para sacar dos meus phones e continuar a correr. De qualquer maneira, ele deve ter entendido que faz mal correr e falar ao mesmo tempo!!!

 

Abordagem falhada caro amigo: tem sempre em conta que obrigares uma pessoa a fazer algo que não quer (neste caso parar o que estava a fazer, correr e ouvir música) e ainda para mais tu continuas a correr a 100 à hora a provar, sim eu sou bom e forte, olha para estes músculos todos, e a pingar feito um ... (sei lá) enquanto me avalias logo pela cara e me rotulas imediatamente de americana porque não te ocorre nenhuma outra nacionalidade é simplesmente meio caminho para a abordagem sair uma grande borrada.

 

Juro que um dia destes, quando o meu nível de chinês mo permitir, chego ao pé dos tais engrançadinhos que insistem em despedir-se todos (vi um a correr na passadeira e a despir-se ao mesmo tempo) lhes digo "veste a porra da t-shirt, que não tás em casa", assim curto e grosso.

 

Fico de mau-humor com o excesso de à-vontade destes tipos que se acham e só se querem exibir.

 

再见

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Ups...upsi

por mandarina, em 23.10.11

Andas a trocar olhinhos com um rapaz que é aprazível ao olho (很好看 - henhaokan) e parece ser simpático e bom rapaz. Até que um dia, tudo muda. Sabes o nome dele, nacionalidade, o que estuda, com quem se dá, estado civil, etc etc...mas desconheces algo realmente importante: a idade. E, não sei se sou só eu que penso assim, mas este assunto da idade funciona de maneira quase oposta para rapazes e raparigas. Enquanto que, para um rapaz, isto a generalizar, claro, mas enquanto que um rapaz acha piada a raparigas mais novas, seja para um affair, seja para namorar ou casar (whatever), as raparigas vêm, regra geral, as coisas de maneira diferente, e geralmente interessam-se sempre por rapazes/homens da mesma idade ou ligeiramente mais velhos que elas. Isto é normal se pensarmos que a maturidade de um rapaz desenvolve-se (nalguns nunca se chega a desenvolver) mais tarde do que a da rapariga. Há, claro, casos de sucesso de mulheres mais velhas a namorar com homens mais novos, mas não é frequente porque o choque de idades é um obstáculo dificil de contornar.

 

Bom mas continuando com a história. Quase que te esqueces deste pormenor, vá também não é normal pedir-se o BI da pessoa com quem se anda no flirt, acontece, por acaso, simplesmente descobir que o teu flirt tem nada mais nada menos que 20 aninhos e depois ainda pensas  "é só 4 anos mais novo" , e aí " Pára tudo, pára tudo" voltas a pensar "4 anos", hum, e pensas "mas com 19/20 andavas a anos luz do que hoje com 24 és"!!!

 

Por muito que ele seja 好看 (borrachinho) só a ideia de algo, que não amizade, com alguém tão imberbe dá-me arrepios, por isso, bye bye flirt, 呵呵 (hehe).

 

不好意思 (buhaoyisi) (como quem diz "desculpa lá a disciminação"), mas eu ainda estou na idade de aprender e não de ensinar.

 

 呵呵

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D



Favoritos