Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


vocação profissional

por mandarina, em 15.04.12

Um pouco a propósito deste post da sempre atenta e informada Maria, intriga-me esta coisa dos melhores e piores empregos, percebe-se que o estudo seja generalizado mas, a não ser pela obrigatoriedade de trabalhar em algo para o qual não fomos talhados, num cenário ideal o que é um bom trabalho para A poderá obviamente ser um trabalho péssimo para B. É um pouco como o que tenho vindo a verificar, que isso de ter vocação é uma preciosidade (raridade também quiça) nos dias que correm, e que quem tem vocação para trabalhar em diferentes tipos de trabalho é considerado um achado nos dias que correm. Se, por um lado, há muita gente a ter capacidade para trabalhar em X e Y, com as competências técnicas e intelectuais certas, acho que com a vocação se passa de maneira diferente.

Ou pelo menos eu vejo as coisas assim, quando penso em mim. Até agora, com a minha pouca experiência de trabalho posso afirmar duas coisas: tenho capacidade para trabalhar em coisas diferentes, já talento e vocação nem tanto. Sou perfeitamente capaz de ensinar, e não desgosto do que faço, eu sei que é só em regime part-time, mas sei também que não é a minha vocação.

E posto isto, não tendo ainda encontrado a minha vocação, vou como que eliminando hipóteses ao experienciar-me nas minhas não vocações, na esperança de um dia encontrar verdadeiramente algo em que me dê prazer trabalhar.

Ensinar não está ao alcance de todos, ou antes estar está, mas com vocação e talento só mesmo para alguns. Um pouco como todas as profissões. Há que amar o que se faz, senão não há salário que pague o sacrifício diário. E trabalhar não devia ser sinónimo de sacrifício.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Sem imagem de perfil

Rita a 15.04.2012

Parece que é um dos pontos-chave da tão célebre crise do quarto de vida. Pelo menos também me revejo nisso, nos poucos sítios por onde passei fui capaz de fazer tudo e, mesmo sem nunca ter estado a fazer a mesma coisa, nunca me identifiquei com nada. E é tão mau... A motivação a descer a cada dia que passa... E o pior disso tudo é que não faço ideia de qual seja a direcção a tomar!
Imagem de perfil

mandarina a 16.04.2012

olha então já somos duas, também não faço a minima ideia, mas espero descobrir um dia, espero é que caso isso não aconteça não signifique tornar-me numa trabalhadora frustrada :S
Imagem de perfil

Rita a 15.04.2012

Não sei se é vocação mas gostas e és boa nisso... Encontrar música e filmes giros. Podes ser comentadora/crítica. Criar um site online, escrever para publicações... ;) ;)
Imagem de perfil

mandarina a 16.04.2012

ahah obrigada rita, mas tornar os nossos hobbies numa vocação não é tarefa fácil, é melhor deixá.los mm só como hobbies. ah e isso é pq nao les criticas de prof. eu, na verdade, só escrevo banalidades e smp mas smp baseados nas minhas opiniões de espectadora amadora ;-)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D



Favoritos