Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Indiferença humana

por mandarina, em 21.10.11

Hoje não posso deixar passar ao lado esta notícia que correu o mundo e que chocou pela crueldade, pela frieza e, principalmente, pela indiferença humana tão visível que gera revolta, terror e incredulidade com as seguintes imagens: http://www.bbc.co.uk/news/world-asia-pacific-15398332 

 

Logo quando soube desta notícia senti que não conseguiria ver estas imagens, mas hoje, sabendo da morte da menina chinesa de 2 anos, que foi desumanamente atropelada duas vezes e que foi ignorada por 18 chineses que ficaram indiferentes ao que se estava a passar com ela, não pude deixar de me "obrigar" a ver para não deixar de sentir o que é a falta de humanidade na China. Este é, sem dúvida, um exemplo extremo, mas variadas vezes não pude deixar de perceber que os chineses tem um sentido muito particular de estar perante a vida humana alheia e, posso mesmo dizer que, no geral, há uma total ausência de compaixão e assistência a pessoas em situação de risco/emergência.

 

É desumano o que se fez a esta menina, nenhuma cultura ou pessoa por mais fria que seja, ou por mais indiferente que o "outro" lhe seja pode conceber como algo normal a falta de reacção numa situação destas. 

E não, não é normal, que alguém que assista a um episódio destes não sinta urgência de a socorrer nem um pingo de piedade. Esta indiferença humana choca, principalmente por se tratar de uma criança, um ser humano indefeso sem capacidade nem consciência para sequer tentar reagir perante o que passa com ela.

 

É uma brutalidade e é uma pena que, por mais que os chineses sejam imensos (sim, são mesmo muitos) e que tenham outra noção do valor da vida, não sintam que uma vida humana é algo único e não uma banalidade, e que o sofrimento (imagine-se o que a pobre criança não tenha agonizado) de uma criança não suscite absolutamente nada para além de espanto e curiosidade.

 

O coração ficou tão apertado a ver estas imagens, mas é necessário ver, e, ainda que não vivesse na China, chocar-me-ia de igual modo, mas vivendo, sinto que isto não só não é desculpável de modo algum como também é um abre-olhos à insignificância que a vida alheia assume aos olhos deles.

 

A China, once again, a ser notícia pelas piores razões.

Autoria e outros dados (tags, etc)


41 comentários

Sem imagem de perfil

Pela verdade e transparencia a 24.10.2011

Tem razão mas ninguém vê ou não quer ver a crueldade humana neste país denunciada neste mesmo blogue em baixo, vergonhoso, somos o país da hipocrisia. Somos bons a criticar os outros mas muito maus a dar o exemplo.
Sem imagem de perfil

Manuel a 24.10.2011

Eu vivo na China a perto de um ano, acompanhei este caso ca, deixem dizer-vos que nao chocou so a voces, toda a populaçao esta indignada, o Governo ja deu ordem de apanhar todos os envolvidos e levar a julgamento, inclusive os transeuntes.
Nao quero ser nem pretendo mudar a ideia das pessoas que postaram aqui, mas a imagem que teem da China nao e a real Imagem do que passa pelo mundo ocidental, tal como nos eles teem coisas muito boas e muito mas, Passou-se na China, como se passou a uns anos em Italia numa estaçao de comboios com uma Romena, por isso dizemos que os Italianos nao sao Gente? Que nao teem sentimentos? nao devemos julgar ninguem por um caso isolado numa populaçao de 1.2 Bilioes, Bebes mortos em contentores de lixo nao aparecem tambem no nosso Pais? So quero dizer que aqui acontece o mesmo que nos outros paises, porque tal como em todo o mundo, somos humanos e nao somos perfeitos.
Sem imagem de perfil

sandra a 24.10.2011

o que considero mais incrível é o espanto das pessoas e do pp. governo!!!
vejam bem e pensem bem como são tratadas as pessoas na china pelo pp. governo!!! as pessoas são n.º contabilizados pelo sucesso alcançado e vem agora o governo apontar o dedo a estas pessoas q são pressionadas no dia a dia a serem desumanas????? por favor, não gozem comigo!!
Sem imagem de perfil

Isabel a 24.10.2011

O problema é que não é um caso isolado nesse Pais!
É Nojento!!!
Sem imagem de perfil

Marc a 24.10.2011

"Somos humanos e não somos perfeitos" Ouça, a questão não se coloca assim porque se assim fosse fácilmente se justificaria todas as atrocidades que vão acontecendo pelo mundo fora. Isto é falta de valores humanos e certamente tem as suas raízes na educação desde o berço que se dá a estas pessoas. Sendo assim é certamente um problema cultural.
Sem imagem de perfil

Ana Velez a 24.10.2011

É horrível e revoltante! não consigo ver o vídeo todo, e os pais deixam a filha sozinha? Uma bebé sozinha?!
Sem imagem de perfil

Ana a 24.10.2011

Os pais tinham um negócio em frente. A criança saiu sem que se apercebessem. Pode acontecer a qualquer pessoa.
Sem imagem de perfil

Ana Velez a 24.10.2011

Então os pais também foram indiferentes à filha, não ouviram chorar? e pelo que me apercebi até alguém fazer algo passou algum tempo, qualquer pai deve estar atento ao filho, a menina tinha 2 anos, não se pode "tirar os olhos de cima" de um Bebé tão pequeno ........ negligencia !!
Sem imagem de perfil

sandra a 24.10.2011

E não comentam a pessoa que estava a filmar isto?
Acho de facto uma atrocidade, uma pessoa estar a filmar e não agir perante uma situação destas!!!!
a busca de visibiliddade á custa de vida alheia, é algo q não consigo racionalizar . . . esta pressão social que sentimos em sermos os melhores, em termos sucesso, notoriedade, enfim . . . já nem sei o que diga!!!
Sem imagem de perfil

Nem sei o que diga a 24.10.2011

Não era nenhuma pessoa que estava a filmar. A câmara de filmar estava instalada no mercado onde aconteceu este crime.
Sem imagem de perfil

Salomé Nunes a 24.10.2011

É verdade. E nós ocidentais continuamos a alimentar este Dragão gigante e desumano que nos vai esmagar a todos.
Sem imagem de perfil

Gena Resende a 24.10.2011

É sem dúvida um ser humano, mas estes casos são de facto, comuns na China e noutras sociedades onde o ser "feminino" não tem qualquer valor.
Esses factos estudam-se an Sociologia, Filosofia e até na Antropologia. Não podemos esquecer-nos que a China teve durante décadas a política do filho único e que hoje se depara com o problema de não haver meninas para tantos rapazes...mas ainda hoje, mesmo com esse grave problema, se cometem infanticídios em aborto a bebés de termo, ou pura e simplesmente abandono desses bebés nas florestas, para que sejam comidos pelos animais selvagens , quando o género desse bebé, é feminino.
Isso acontece não só na China, mas em muitas outras sociedades onde a vida humana tem pouco ou nenhum valor, particularmente quando essa vida pertence ao género feminino. China, Índia, Paquistão e tantas outras sociedades, é coisas do dia a dia.
Não há realmente palavras e talvez a morte dessa bebé não tenha sido em vão, para chamar a atenção de uma sociedade que apenas e tão só está preocupada com desenvolvimento e com economia e em que cada um não passa de um número...
Sem imagem de perfil

Caetano a 24.10.2011

Quando vi as imagens nem queria acreditar, qual a mãe que deixa um filho com 2 anos andar sozinho. Em que mundo estamos nós onde voltamos as costas e ignoramos algum que sofre, onde já não existe amor pelo próximo , existe apenas seres que só pensam em fazer dinheiro!! nem que para isso tenham de passar por cima deles se forem um obstaculo! estou ainda chocada com a brutalidade e a total indiferença do ser Humano, neste caso diria de um ser desumano !
Sem imagem de perfil

Liebeebeil a 24.10.2011

Por favor, não venham defender a China.. quem comete atrocidades como eles cometem não têm sequer racionalidade humana.. cometem a animais, cometem a pessoas, cometem até para com o próprio mundo em geral não se preocupando com as políticas económicas que praticam nem com o que usam nos seus artigos para os colocar mais baratos.. e sei do que falo..
Não é o primeiro vídeo que recebo de chineses a serem atropelados e toda a gente a ver e virar costas.. povo que nem deve ser defendido seja por quem for pq eles não têm pena de ninguém, são desumanos, olham para todos como seres superiores e tentam dominuir todos os outros.. nem tenho comentários para o que penso desse povo..
Imagem de perfil

vinaromao a 24.10.2011

Se não se ama uma criança, ser frágil e indefeso, o que fazemos nós adultos, neste Mundo?
Tanto me faz, que seja Chinesa, Portuguesa, sei lá de que País..
Um Mundo com pessoas que assim desprezam, uma criança, com tamanha crueldade e indiferença, não merece nada. Não merecemos nada. Eu, avó da minha Princesa, também me sinto avó daquela menina e choro e sinto vergonha e pergunto a Deus, se Ele existe . Não consigo rever aquelas imagens, não consigo rever tamanha crueldade.. Como ser Humano que ama todas as crianças do mundo, que tão maltratadas são eu peço perdão. O Homem é cruel. Eu não quero viver num Mundo assim...
Sem imagem de perfil

Luis Diogo a 24.10.2011

como pedido de desculpa ao povo Chinês e aos seus governantes por as pessoas acharem cruel muito do que por lá se passa, proponho que seja a China a organizar o próximo campeonato do mundo de futebol assim como os próximos jogos olímpicos (novamente), é minha opinião que devemos continuar a olhar pró lado com todos os sinais de escravatura que por lá se passam, o facto de não respeitarem os direitos humanos não dá o direito aos outros de os criticarem, temos sim de lhes possibilitar a organização do mais variado tipo de eventos de escala mundial
Sem imagem de perfil

Anónimo a 24.10.2011

Daquilo que percebi, no que aqui escreveu Sr. . Luís Diogo é lamentável a sua forma de pensar!
Sem imagem de perfil

LDiogo a 27.10.2011

daquilo que percebeu Sr. Anónimo ou Senhora Anónima, nada percebeu............
IRONIA, sabe o que é??????
A ironia é um instrumento de literatura ou de retórica que consiste em dizer o contrário daquilo que se pensa, deixando entender uma distância intencional entre aquilo que dizemos e aquilo que realmente pensamos. Na Literatura, a ironia é a arte de gozar com alguém ou de alguma coisa, com vista a obter uma reacção do leitor, ouvinte ou interlocutor.
in http://pt.wikipedia.org/wiki/Ironia
não digo mais nada
Sem imagem de perfil

Anónimo a 28.10.2011

Se realmente o Sr. . luís Diogo, utiliza dentro deste contexto esta forma de expressão para expressar opinião contraria, então é melhor realmente como diz, não dizer mais nada!!
É que para se ser irónico tem de se ter talento e saber contextualizar o mesmo.
E a Wikipédia não é a melhor fonte para se obter informação.
Sem imagem de perfil

Luis Diogo a 28.10.2011

hummmmmmmmmm temos aqui alguém entendido/a no assunto, não gosta é da wikipédia, pronto ok, aqui vai outra definição da ironia
(latim ironia, -ae, do grego eironeía, -as, dissimulação, ignorância)
s. f.
1. Expressão ou gesto que dá a entender, em determinado contexto, o contrário ou algo diferente do que significa.
2. Atitude de quem usa expressões ou gestos irónicos.
3. Sarcasmo.
4. Acontecimento ou resultado totalmente diferente do que eram as expectativas (ex.: ironia trágica).
espero que goste mais desta fonte
http://www.priberam.pt/dlpo/default.aspx?pal=ironia
quanto ao contexto, o texto deste blog fala na crueldade/falta de humanidade, efectivamente referi que muita gente acha cruel muito do que se passa na China, e que devemos todos pedir desculpa por pensarmos dessa maneira, devemos continuar a olhar pró lado e fingir que nada se passa e continuarmos a ir ás lojas chinesas que crescem quais cogumelos por esse país fora (esta parte acrescentei agora, espero que não fique escandalizado/a pela falta de contexto), não devemos atribuir importãncia ao desrespeito pelos direitos humanos que por lá são frequentes e como forma de pedirmos desculpa, devemos continuar a deixar que a China organize esse tipo de eventos à escala mundial de que falei, mostrando assim a nossa subserviência ao poder económico que é aquele país, sendo assim, peço desculpa por não ter sabido contextualizar e enquadrar o assunto em questão, também acho que não valia a pena dizer morte aos chineses, até porque, se 18 chineses ignoraram a situação, devem existir outros 18 chineses que também acharam cruel o facto da criança ter esmurrado a carrinha....(tou a ser irónico novamente, se calhar não se percebe porque não sei contextualizar bem a situação mas estou a ser, acredite), só me resta pedir desculpa por ter ocupado o seu tempo, hoje que até está um dia de sol e sempre dá pra ir fazer umas comprinhas ao shoppingcenter pingchingtauxauxaualozxines, boas compras e um bom fim de semana
Sem imagem de perfil

Anónimo a 30.10.2011


Era para já não lhe responder, até porque para uma pessoa tão aparentemente culta como o Sr. . Luís Diogo, deveria saber que a Wikipédia ,não</a> por uma questão de gosto ou não pessoal , não é uma fonte fidedigna de informação porque qualquer pessoa pode lá por a informação que quiser referente aos assuntos que nela constem, é de domínio público e não só de entendidos.
Por outro lado o Sr. . aqui demonstrou que sabe fazer uma boa pesquisa sem ser a mais acessível que é a Wikipédia , espero é que tenha realmente percebido o conteúdo da mesma.
Retribuo-lhe também os votos de um bom fim de semana.
Sem imagem de perfil

LDiogo a 31.10.2011

fico agradecido pelo facto de se ter dignado em responder, agradeço-lhe também desde já o facto de reconhecer que sei fazer uma boa pesquisa, não me limitando ao mais acessível, obrigado
como fiquei na dúvida se me disse que não entendeu o significado da 2ª definição que apresentei ou se a referência que fazia era em relação à minha pessoa (apesar de que desde o dia que escrevi o 1º comentário já soubesse o significado em causa), e como não quero ninguém mal esclarecido, aqui deixo mais um significado de ironia, resultante de uma busca exaustiva (56.800 resultados para páginas de Portugal) e demorada (0,16 segundos), não hesite em consultar outras fontes porque estou certo que irá recorrer-se das mais fidedignas que encontra, não entenda estas que sugiro como as melhores mas aqui vai:

Significado de Ironia

subst. f.
1. acto de dizer o inverso do que se pensa para gozar

in: http://www.lexico.pt/ironia/ (http://www.lexico.pt/ironia/)

 

continuação de uma boa semana

Sem imagem de perfil

Anónimo a 01.11.2011


Não leve a mal e sem ironia, aconselho-o também a consulta de um bom psiquiatra .
A sua prosa deixa transparecer isso!
E esta é realmente a ultima vez que como diz me digno a responder-lhe as criticas também servem para nos fazer crescer e não são sempre para nos empurrar para baixo, aprenda isso.

Igualmente votos de uma boa semana.
Sem imagem de perfil

LDiogo a 01.11.2011

Caro/a Anónimo/a até entendo que as criticas servem também para melhorarmos aqui que fazemos menos bem, acontece porém que aquilo que você entendeu fazer foi simplesmente menosprezar o que eu disse desde o início, se não entendeu o que escrevi no 1º comentário que fiz como de ironia se tratasse, logicamente deveria ter percebido isso após lho ter dito, acontece porém que insistiu efectivamente no empurrar para baixo, além do seu gozo com o meu tipo de ironia, gozou também com a wikipédia e com o facto de não ser necessário ser muito entendido para se saber que não se trata de uma fonte fidedigna, claro que até concordo consigo, contudo e se voltar a ler os vários significados de ironia que lhe fui mostrando (espero que as outras fontes sejam credíveis para si), andam todas à volta do mesmo, ou seja, dizer o inverso do que se pensa, não sei se efectivamente leu bem o 1º comentário ou se respondeu de sangue quente, empolgado pelo embalo do post, eu refiro, e passo a transcrever "...sinais de escravatura que por lá se passam, o facto de não respeitarem os direitos humanos..." será que por aqui não se percebe a minha opinião relativamente à China não ser um exemplo de país desenvolvido no que aos direitos humanos diz respeito?? ok, você entende que a minha ironia foi mal feita, respeito a sua opinião mas você que foi tão célere a perceber que a ironia foi mal feita, devia de igual modo ter sido célere a perceber a minha opinião face à posição da China no que aos direitos humanos diz respeito, isso tá lá, preto no branco, ou melhor, branco no vermelho.
Quanto ao seu aconselhamento resultante da interpretação da minha prosa, e partindo do principio de que de alguém entendido no assunto da interpretação das ideias/escritos dos outros se trata, gostaria de ler a sua brilhante dedução e quais os seus fundamentos, certo de que estarão fundamentados no aprofundado estudo e conhecimento que vossa excelência terá, infelizmente não o posso chamar pelo nome mas, se não for pedir muito, sinta-se à vontade para nos brindar com a sua capacidade interpretativa da psique baseada nas linhas que escrevi, na certeza de que um favor me está a fazer.
Atenciosamente,
Luis Diogo

Comentar post




Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D



Favoritos