Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Leituras de Verão

por mandarina, em 05.06.12

Porque entretanto entro de férias quero começar já a pensar no que vou ler, não é hábito planear mas este ano vou fazê-lo a ver como corre.

 

Ora então:

Ensaio sobre a cegueira de Saramago.

After Dark ou A sul da Fronteira, a Oeste do Sol, de Murakami ou qualquer outro(s) dele

Chuva e outras novelas, de W. Somerset Maugham (porque depois da Servidão Humana fiquei mais que rendida a Maugham.

A Sangue Frio, de Truman Capote (ando há séculos para ler este autor)

♦ Paul Auster qualquer um dos que ainda não li. Adoro Auster.

♦ John Steinbeck  - o autor do meu livro preferido As Vinhas da Ira

♦ Milan Kundera - fiquei curiosa após A insustentável leveza do ser

...

 

Sugeridos:

Gabriela, Cravo e Canela, Jorge Amado

 

lista por completar

Sugestões? Sugestões de livros dos autores acima mencionados? Outros também

As vossas sugestões serão mais que bem-vindas

 

{post actualizado a 6 de Junho}

Autoria e outros dados (tags, etc)

A partilhar (ou então não)

por mandarina, em 05.06.12

Isto é um bocado estranho e íntimo demais para um post mas estou tão estupidificada que tinha de partilhar esta convosco. Já todos sabemos da existência de medicamentos com mentol, rebuçados com sabor a mentol, pastilhas elásticas, chocolate até, agora pensos diários (salvaslip) é que é mesmo novidade para mim. Que parece ter sido o que comprei, e não sabia que tinha comprado, mas digamos que a sensação que tive foi tão estranhamente refrescante que só consegui pensar "mas isto parece e cheira a mentol". Salvaslip de mentol, olha então está bem. E os chineses que não se lembrassem desta.

Digamos que é no mínimo refrescante. Se é! Que estranho...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Oh boy

por mandarina, em 05.06.12

A tua sorte é que eu acho um piadão a gajos tímidos  (não inclui introvertidos, estranhos, acanhados, nerds, e outras características do género), e não só por isso, mas também, algo me diz que me estás destinado.

 

Não sei é se conheces aquele provérbio que diz se a montanha não vai a Maomé, vai Maomé à montanha que é o que me parece que está para acontecer breve, que a minha paciência é grande mas não é de santa!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Believe it

por mandarina, em 04.06.12

96270570_yzpplwrn_c_large

Autoria e outros dados (tags, etc)

Boas e más notícias

por mandarina, em 04.06.12

Estou oficialmente a dar as últimas quanto ao que a aulas diz respeito. Perdi qualquer tipo de tolerância a aulas, tpcs, e etcs. Estou tão pelos cabelos com aulas que nem sei como ainda vou aguentar estas 3 semanas que ainda faltam. Bom saber até sei, a arrastar-me e a faltar sempre que tenha de faltar, porque sofrimento infligido não é comigo, de todo que não. Felizmente, não sou a única ovelha negra da turma, se bem que sinceramente isso também não me aquece nem arrefece, não falto porque os outros o fazem, falto para preservar a pouca sanidade mental que ainda me resta. É isso ou cortar os pulsos. Prefiro a primeira opção.

 

A boa notícia é que entrámos finalmente na recta final. 3 semanas de aulas, mais uma de exames e última a empacotar e a dizer bye  bye ao trabalho no jardim escola. ESTOU COM UM PÉ EM PORTUGAL e isso é que conta.

Quase que tenho a sensação que isto se vai passar muito rápido, do género num abrir e fechar de olhos. Se bem que vou ter de me andar a arrastar até às férias mas quando as tiver todas só para mim vai ser do melhor.

 

já só faltam 5 semanas...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Estereótipos

por mandarina, em 03.06.12

Estamos tão cheios deles que já nem lhes notamos a presença, estão-se-nos entranhados inconscientemente e já fazem estrago por si o quanto baste. Agora quando a isso se junta uma espécie de fanatismo com as culturas alheias, e isso nos faz mudar a nossa própria postura enquanto ser pertencente a uma cultura, a uma identidade própria e única, e nos faz renegar das nossas próprias características físicas que nos definem à nascença é caso para dizer: é triste e este mundo está mesmo perdido. É uma escravidão aos padrões impostos de beleza, ou à ideia que se faz da beleza, que faz arrepiar, e depois é ver campanhas destas, meritórias que defendem o oposto. A afirmação do diferente porque o diferente é mais bonito do que o normal, ou o que nos querem impor como bonito e normal.

 

Combating Common Stereotypes About Koreans

 

daqui

 

E assim revelo o meu total desagrado para com as chinesas/asiáticas que cedem, cada vez mais, à tão popular técnica de rasgarem as pálpebras, tendo para isso que se submeter a uma pequena cirurgia plástica para dar a sensação de terem olhos maiores. É uma pena porque não vêem que não só as descaracteriza na sua individualidade como é um atentado à sua cultura, sendo o nosso corpo o templo primeiro/natural deste nosso património cultural.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

O meu pai dá o mote

por mandarina, em 03.06.12

Amar é gostar tanto de alguém ao ponto de lhe querer o maior bem do mundo, sem lhe impor condições, negar ou julgar.

Amar é isento de obrigações, de satisfações, de julgamentos e pareceres. Amar é respeitar a liberdade do outro, nas suas escolhas, nas suas decisões, nas suas borradas. Amar é desejar que o outro, mesmo até por caminhos tortos, se encontre e encontre a sua maneira de ser feliz. E independentemente dos caminhos percorridos para chegar a essa felicidade, saber que, na essência, a pessoa amada em nada mudará, por mais que mude a sua visão sobre o mundo e dos demais. Amar é ir mais além, é ver mais além, é não querer, nem exigir mais do que se pode, mas querer o bem do outro mais que a conta. Mesmo que a conta possa vir a ser alta. 

É pagar para ver, e o meu paga!

Obrigada pai.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Intemporal

por mandarina, em 01.06.12
Porque hoje não tiro o cú do quarto com dores de rins e cabeça que só me fazem querer uivar. As mulheres sofrem. E como estou entediada de morte, com filmes, livros, blogs, etc... decidi divertir-me a ouvir e ver performances intemporais:

 

Olhem se este da Donna Summer "Last Dance" de 1979 não é um mimo daqueles.

 

 

 
 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

não estranho

por mandarina, em 01.06.12

Que certas pessoas só se lembrem de ti quando precisam de um favorzinho. É assim com toda a gente, com uns mais, com outros menos. E nem é coisa que me chateie ou revolte, deixa-me um pouco, como dizer, desapontada com a pessoa, mas também como já sei com o que posso contar desta ou daquela pessoa, não me incomodo com isto. No passado quando ainda não sabia separar o trigo do joio era coisa para me deixar triste e usada, agora nem nada. Quase nunca me engano com o carácter das pessoas, por isso, já raramente me apanham de surpresa.

 

E sim, comigo podem contar mesmo que só se lembrem de me contactar quando precisam de algum favorzinho, aliás porque me vejo a fazer o mesmo com esse tipo de pessoas, recorrer a elas em caso de necessidade, uma vez que tentar manter contacto com toda a gente é uma ilusão.

 

A minha única dúvida reside aqui: será que se fosse eu a pedir um favor, passado uns tempos sem comunicação, a esta(s) pessoa(s) encontrá-la-ia tão prestáveis como eu tenho por norma ser? Tenho cá as minhas dúvidas. Mas bom.

 

Já vou conhecendo este ritual de cor, primeiro são as infinitas desculpas que justificam a ausência de comunicação, depois vem um pequeno resumo da vida da pessoa, depois pergunta sobre a minha vida, e depois, claro, o pedido muito bù hǎoyìsi (sem jeito) mas só me lembrei de pedir a ti (e só me lembrei agora de ti também).

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 7/7



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D



Favoritos