Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


por mandarina, em 28.05.12

Amo que me ofereçam chocolate, aliás qualquer doce em geral é bem-vindo. Mas se for chocolate melhor ainda, agora não sei porque escolhem sempre oferecer-me chocolate preto, é que já não é a primeira vez, deve ser por fazer bem ao coração e à linha. Eu não me nego a comê-lo, ainda para mais suiço e de boa qualidade, mas e um de avelãs ou de trufas não?

 

Pobre e mal agradecida, deve ser o que estão a pensar de mim. Eu diria antes, gulosa. Demasiado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

desconfianças

por mandarina, em 26.05.12

sem fundamento sólido nem fundo científico. Mas, cá para mim, é desconfiar sempre de pessoas que:

 # começam o dia sem tomar o pequeno-almoço. Nunca vou perceber tal coisa. Como é que de estômago vazio se consegue funcionar? É um mistério indecifrável.

# se consideram mais importantes que os outros e acham que ter um nome pomposo é coisa para lhes valer lugar num pedestal mais alto. Pedestal é lugar de santo, não de gente com mania que é importante.

 

É isso aí.

Autoria e outros dados (tags, etc)

verdade

por mandarina, em 26.05.12

O meu boss não ajuda, aliás é sempre do género faz, inventa, e eu invento e faço. Mas enquanto não empatar tudo bem.

É caso para dizer, não ajuda mas também não empata. Pelo menos isso, o que já é bom quanto baste.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Deslumbrante

por mandarina, em 26.05.12

Foi com este adjectivo que caracterizaram, a propósito da sua aparição no festival internacional de cinema de Cannes, esta senhora, eleita em 1994, a mulher mais bonita do mundo e que, sendo, na actualidade, actriz e personalidade indiana, tem sido alvo de acérrimas críticas à sua forma física por não ter voltado a pesar o esperado após ter sido mãe o ano passado. Os sempre cruéis standards de beleza da nossa sociedade que não fazem jus à realidade, muito menos a de uma recente mãe feliz e mais preocupada com a cria do que com os olhares e comentários alheios. Eu costumo dizer que magreza não é beleza, beleza é atitude e ela, Aishwarya Rai Bachchan, é a prova mais fiel disso. Deslumbrante, magnífica e sobretudo bela acima de qualquer preconceito e fanatismo com o controlo do peso.

A beleza intocável dela só prova que, apesar da sociedade superficial em que vivemos, uma mulher não tem de pesar sempre menos e menos para validar o seu título de mulher mais bela do mundo.

 

Aishwarya Rai Bachchan at Cannes 2012

Autoria e outros dados (tags, etc)

Hachi

por mandarina, em 26.05.12

Isto de andar a ver filmes de cães não é muito comigo, mas como ultimamente são os filmes que me escolhem e não eu a eles, acabei por ver Hachiko, amigo para sempre, um filme sobre a fidelidade do cão Hachi ao seu dono, interpretado por Richard Gere. E o filme é um miminho, assim de uma maneira muito simples, explorando quase somente a relação de amizade entre o homem e o seu cão.

 

Eu que nem gosto de cães, não desgosto mas não me dizem mesmo muito, não pude deixar de ficar emocionada com tal prova de lealdade do cão que após 10 anos após a morte do dono lhe continua a ser fiel e a esperá-lo no sítio em que ia sempre ao seu encontro. Incrível mesmo, e o filme foi inspirado numa história verídica.

 

Dificilmente uma pessoa (amigo) devotará esta lealdade a um amigo já desaparecido.

 

O filme apela à emoção, mas deve ser problema meu, só pode, que vi metade do filme lavada em lágrimas.  I'm getting way too emotional!!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

stormy weather

por mandarina, em 24.05.12

É meia noite, portanto boa noite para mim.

Que a Etta me ponha a dormir que nem um bébé com este stormy weather em perfeita harmonia com o tempo chuvoso de hoje.

 

She's the queen, the queen of Jazz and Blues, oh Etta 

Autoria e outros dados (tags, etc)

descobri

por mandarina, em 24.05.12

Não áinda não foi o homem dos meus sonhos, se bem que eu sei que ele anda aí, talvez mais perto do que imagino (^^) mas hoje foi mesmo a minha pastelaria favorita da China, àquela a que ia sempre buscar o café em Shanghai, hum aquele que adoro e que tá visto bebi hoje (weeeeeee) vai ser giro dormir, vai vai, que se lixe amanhã é sexta e eu tou cheia de pica, amanhã Às 7h da matina é que não. Mas bom. Adiante, então e não é que a pastelaria esteve sempre ali nas minhas barbas e só hoje é que dei com ela. Fui com ela na ideia para o jardim escola, vim com ela na ideia na vinda para cá, e pronto não resisti e lá fui, comprar um bolinho de leite, coco e creme do bom, e pois tá claro, pão e café. Ai que delícia. Sorte a minha que não me fica a caminho senão era certinho ir-me perder por lá mais vezes, e ficar mais gigante do que estou a ficar, e logo com o verão à porta. Não há direito.

 

Vá dieta em Portugal, dieta mediterrânea com tudo o que tenho direito. Bacalhau, batatas cozidas regadas de azeite, azeitonas, sardinhas, lulas, dourada, carapau, tudo, só peixe e sopa, e uns pastéis de nata de vez em quando. Ai que já estou a salivar. Um mês, ou mais ou menos isso, é o que me separa de 2 meses desta maravilhosa dieta :)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Princess Vs Queen

por mandarina, em 24.05.12

Hoje tive uma aula um tanto ou quanto diferente no jardim escola, isto porque cheguei bem cedo e o boss chegou atrasado, e ainda me pergunta se lhe enviei algo, pois tá claro que sim, só o material para a aula claro, ao que ele diz "vai começando a aula", sem nada difícil mas eu já ando a aprender a fazer magia e lá fui enquanto ele ficou de imprimir as fichas. 2 minutos depois vem-me comunicar que não há net, logo não há fichas. Olha que bom. Assim é que eu gosto. Vamos de inventar então. Ainda para mais a directora inventa de querer assistir à minha aula. Pois perfecto, foi escolher logo a melhor ocasião, mas como eu sou boa é a inventar, aliás não sei fazer muito mais que isso, pôs-me a inventar e pôs os putos a rever a matéria, a aprender a dor de cabeça das novas palavras que até eu desconhecia e depois toca a orientar a trupe e pô-los a mexer. Jogos, e mais jogos, o que os putos adoram e eu farto-me de rir, logo adoramos ambos. Eu rio-me, eles divertem-se, eu também acabo divertida e mais leve. Pior é o dia em que os putos sairão de lá com o nariz partido, e que esse dia não me suceda senão fico em maus lençóis, eu peço sempre calma mas os putos já se sabe, é tudo à bruta.

 

Mas o problema hoje foi outro, uma das crianças que dá pelo nome de Happy hoje estava tudo menos happy e não queria participar e fez birra. Deixei-a em paz a fazer birra. Após a aula comentei com o boss que hoje ela estava com mau feitio. Diz-me o boss, ao fim deste tempo todo, que a pita é filha da directora do jardim-escola e que se sente, sim a pita de 4 anos, com um estatuto superior às outras, por ter esta situação especial/privilegiada. Pois, só podia. Mas eu pergunto-me como é que uma criança de 4 anos já tem este ar de superioridade todo. Como se sente mais que os outros, e pensa que pode fazer e desfazer como quiser nas aulas. Volto a repetir, uma pita de 4 anos, uma criança que deixou as fraldas há pouco tempo, uma mini-pessoa, uma futura dor de cabeça, uma estragada de mimos até à última ponta dos seus cabelos. Mas como?

 

Uma vergonha, um ultraje até, já é mau os adultos terem esta postura, agora incutirem isso nas suas crias é algo que me ultrapassa.

E realmente eu sempre torci o nariz à garota, agora sei a causa. Caramba e assim se estraga uma futura pessoa. Logo aos 4 anos. Porque se ela já quase se comporta de forma quase intragável em algumas situações e ainda é uma ervilha, imagine-se quando crescer. Livrai-nos do mal senhor. (Lol)

 

Só lamento a sorte dela, é que a petite princesse tenha de levar comigo como professora que se está a marimbar para a situação especial dela. Para mim complexo de superioridade é igual a 0, não me aquece nem me arrefece. Levará o mesmo tratamento, como até aqui, que os outros, será chamada a atenção como os outros, será ignorada se fizer birra como hoje, ao nível dos outros, tratada igual e não como a princesa que pensa que é.

 

Porra é uma criança, uma mini-pessoa, isso é que me revolta, que fé nos adultos com nariz empinado já perdi foi há muito, agora crianças corrompidas e que perderam o maior bem enquanto pessoas tão cedo, a característica porque todos nos haveríamos de pautar a vida toda desde o berço seja lá de que berço venhamos: humildade.

 

É caso para dizer, a princesa que se acostume que quem manda naquele circo é aqui a rainha. E logo hoje que aprenderam a dizer queen, que apropriado. Watchout, little princess, the queen is in da house!*

 

* é uma brincadeira que é claro que eu não vou armar guerra contra a pirralha, só ensiná-la que privilégio é preciso fazer por merecê-lo!

Autoria e outros dados (tags, etc)

eye candy ♥ 3

por mandarina, em 24.05.12

Acabei de ter um dèjá vu. É caso para dizer e "viva a Argélia". Ai Tahar que me falta o ar!!!

 

Tahar Rahim

E a chuva pára de rompante!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

makeup

por mandarina, em 24.05.12

Raramente me maquilho, não tenho nem tempo nem paciência. Hoje deu-me para a coisa tal que está a minha cara que mais parece palco de pós guerra civil (olá puberdade bem-vinda novamente) mas parece que vou repetir isto mais vezes já que em vez de pózinhos de makeup parece antes ter posto pózinhos de magia e andei para aí a enfeitiçar as senhoras deste cidade. Primeiro no autocarro, uma senhora ia a sair do seu assento e quase simultaneamente um rapaz ia sentar-se no seu lugar ao que a senhora impediu, olhou para mim e disse "senta-te" e deu-me passagem a mim, o moço perdeu o lugar sem piar. Depois a senhora costureira, a sempre mal-disposta, mal me viu só fez foi sorrir e cúmulo meteu conversa comigo, quis saber a minha nacionalidade e disse "oh és a minha primeira cliente portuguesa" (o que neguei) e lá continuou a dizer coisas simpáticas e eu ok, que raio! Depois foi na fruta, lá fui eu comprar fruta, no outro dia descobri alperces que adoro, a fruta da minha meninice, e a senhora ao ver que eu não tinha uma moeda que faltava perdoou-me a falta e disse para voltar outro dia com alto sorriso nos lábios. Coisa que os chineses não tem muito hábito de fazer é alterar o preço, para baixo claro.

 

Pode parecer parvoíce mas poderá ter algo a ver com o facto de me ter maquiado hoje! Juro que acredito nisto, que isto de serem todas simpáticas não é frequente. Digamos que as pessoas desta terra não tem a simpatia no sangue e hoje apanhei 3 simpáticas, coisa estranha, muito mesmo. Mas pronto se a makeup me conceder privilégios como estes acho que é para continuar.

 

Faz sentido se tivermos em conta que um estudo qualquer comprovou que as mulheres que se maquiam diariamente ganham mais do que as não o fazem, isto no local de trabalho. Pudera a aparência conta mesmo muito, é o cartão de visita da pessoa.

 

Só não fez efeito no sexo masculino chinês, melhor melhor, ufa.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D



Favoritos