Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Desavergonhados

por mandarina, em 18.11.12

Para em boa verdade não os chamar filhos da mãe que é o que esta corja de taxistas são, oh raça duma figa sempre prontos para te torrar a paciência, abusar da tua confiança, forçar os limites da tua calma e dar cabo da tua boa educação porque é impossível lidar com estes gajos com boas maneiras, tem de ser sempre aos berros, sempre a mandar vir, sempre a ensinar o caminho, a repreender.

As viagens de táxi nunca são viagens descansadas, são sempre verdadeiras provas de fogo, isto porque se estão sempre a armar em espertos, ou porque nos querem enganar e andar connosco às voltas ou porque não aceitam o que lhes dizemos, porque os proibimos de ir pelos trajectos que sabemos que ficará mais caro no final, ou porque são uns completos idiotas que não sabem conduzir e estão sempre a conduzir por cima dos passeios, no meio das filas, ou estão sempre a berrar ou a apitar, uma infinidade de razões.

 

Hoje o espertalhão que nos calhou na rifa lá nos queria lixar primeiro porque nos apanhou às duas e ainda não satisfeito, e porque tinha um lugar livre à frente queria parar e levar mais alguém, para meter o dinheiro dos segundos clientes ao bolso, mandei-lhe um berro que parece que percebeu. Depois era porque estava trânsito na ponte e não quis ir pela ponte, lá foi dar as suas voltas, conclusão mais trânsito apanhou, deu azo a discussão entre o taxista burro e a tuga enervada e com razão. Até eu fiquei com medo, que quando aquela mulher se chateia é vê-los muito atrapalhados a baixarem as orelhas porque tentar ripostar não é boa ideia. Ah tuga brava :)

 

Corja do piorio, são uma vergonha de gente, que além de serem porcos, normalmente passam a viagem sempre a escarrar e a cuspir para fora do janela do carro, são do mais ranhoso que por cá se encontra, gente mal-educada, sem modos, sem carácter, sem escrúpulos, salvo raras excepções claro que as há, mas os maus fazem-me esquecer esses que são mesmo uma raridade.

 

Já nos aconteceu inclusive uma vez termos de sair do táxi porque dissemos claramente por onde não queríamos ir, o gajo disse que não e o colega espanhol esperou o taxista parar, saiu do carro disparado, e mandou-nos sair e o taxista ficou pralá furibundo a barafustar. Quem manda armarem-se em espertos, conclusão perdeu ele o dinheiro e ganhámos nós porque não só não lhe pagámos a viagem como apanhando outro, a viagem no final ficou-nos mais barata. Limpinho.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D



Favoritos