Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Passar das marcas

por mandarina, em 04.11.12

Todos os dias penso que já quase nada me pode surpreender no reino do arroz, mas a cada dia que passa acontece sempre mais alguma coisa que contraria esta minha convicção.

 

Se abres a boca para dizer alguma coisa em chinês, nem que seja para agradecer, para pedir um saco no supermercado, para agradeceres, ou fazeres a pergunta mais banal, ou então sugerir isto ou aquilo, quer seja ao taxista, à empregada do supermercado, à funcionária da loja A ou B, então é vê-los girar os olhos nas suas pequeninas órbitas e esperar que digam a tal frase "o teu chinês não é nada mau" que após ser repetida cem mil vezes só soa a oco e despropositado porque digamos que dizer meia dúzia de frases não é nada do outro mundo, ainda que para eles, os chineses, seja motivo de muito e inusitado espanto e admiração, como se jamais alguém, não chinês, pudesse alguma vez falar a sua língua. Go figer!

 

E quando a este tipo de comentários se junta a pergunta da praxe "de onde és?" (nacionalidade) mas assim até à exaustão e quando já não tás virada para responder, e te saí à descarada, como num dia destes me deu para provocar um taxista idiota (um dos muitos) e disse que era japonesa, ou melhor que éramos japonesas. O que diz o imbecil a isto "se forem japonesas faça-as sair do táxi". Até que gostava de ter visto isso a acontecer, imbecilidade.

 

Às vezes custa-me crer que estou rodeada de gente tão quadrada, e por mais que queira achar piada, já nem consigo, no outro dia ao almoço senta-se um chinês à minha frente que me pergunta "és chinesa?" no dialecto daqui, e como não percebi lá perguntou outra vez "és chinesa?", ah carago até já passo por chinesa, upa upa, devia ter respondido "claro que sou" ao invés do educado "não".

 

Juro que a sensação que tenho é que estamos todos a ser filmados, do género para aquela série de tv "apanhados" e alguém do outro lado do mundo se está a rir às gargalhadas com todo o tipo de cenas que aqui se passam com nosotros, os tontos dos estrangeiros.

 

 

Este sinal, amiguinhos, que vocês bem podem achar estúpido, ridículo, fora de sentido e claro desnecessário, mas deixem-me que vos diga, que tendo em conta as marcas de sola bem visíveis que vi no outro dia numa toilet estilo ocidental e, logo, no sítio destinado ao nosso rabinho, então só vos digo que estes sinais fazem todo o sentido em existirem e deviam ser obrigatórios em todos as casas de banho estilo ocidental.

 

Mais específica não consigo ser. Tudo isto é passar das marcas.

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Imagem de perfil

De Rita a 04.11.2012 às 15:49

O taxista disse isso? Palhaço...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D



Favoritos