Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


O meu pai dá o mote

por mandarina, em 03.06.12

Amar é gostar tanto de alguém ao ponto de lhe querer o maior bem do mundo, sem lhe impor condições, negar ou julgar.

Amar é isento de obrigações, de satisfações, de julgamentos e pareceres. Amar é respeitar a liberdade do outro, nas suas escolhas, nas suas decisões, nas suas borradas. Amar é desejar que o outro, mesmo até por caminhos tortos, se encontre e encontre a sua maneira de ser feliz. E independentemente dos caminhos percorridos para chegar a essa felicidade, saber que, na essência, a pessoa amada em nada mudará, por mais que mude a sua visão sobre o mundo e dos demais. Amar é ir mais além, é ver mais além, é não querer, nem exigir mais do que se pode, mas querer o bem do outro mais que a conta. Mesmo que a conta possa vir a ser alta. 

É pagar para ver, e o meu paga!

Obrigada pai.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D



Favoritos