Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


curtir a onda

por mandarina, em 14.06.13

Porque na vida assumimos várias posturas. E eu até há bem pouco tempo me via a assumir a de fatalista/pessimista e a pensar porque é que a minha vida nunca é aquilo que eu desejo, e acaba por ser sempre uma consequência do momento, do lugar, do acaso. E era razão para me sentir impotente como se tudo o resto tivesse poder na minha vida menos eu, eu que adoro ditar as minhas regras, e que agora se tem de submeter ao jogo da vida, ao aqui e agora. Felizmente descobri rapidamente que isso não tem de ser mau, não precisa de ser pesado, não na medida em que se vivermos um dia de cada vez, a amanhã deixará de angustiar tanto.

 

O não poder ir de férias quando todos os outros vão, o estar "refém" de um trabalho que não me diz muito, o quebrar de expectativas que bom, eu já devia lidar melhor com esta das expectativas (expectativas=furada), o não ter uma vida normal, um círculo de amigos sempre à mão, o viver sozinha e gostar, e o viver sozinha e achar uma seca, o despertar em sério para a vida de adulta, solteira adulta e nómada. A encruzilhada que às vezes a vida é, o desencanto do ser pouco livre que somos. Mas é aqui que encontramos o fio à meada, o fazer da nossa restrita liberdade a maior das liberdades. O saber que enquanto se é jovem se quer tudo, se ambiciona tudo, se inveja um pouco o que não se tem, o querer, o desejar, o agarrar a perfeição inalcançável e saber lidar com isso tudo. Pesar o que se tem e o que não se tem na balança, encontrar o equilíbrio, e fazer por ser feliz, ou simplesmente sê-lo.

 

E eu não sei o dia de amanhã, mas muito menos deixo hoje que isso me angustie, vivo com aquilo que tenho, ser jovem, não ter maiores responsabilidades do que olhar por mim, não ter peso nos ombros, não ter satisfações a dar a absolutamente ninguém é uma bênção que há que saber aproveitar. Ser jovem não é sinónimo de ser irresponsável, é sinónimo de ser leve, e eu adoro a leveza que a minha vida de hoje me proporciona.

 

Agora é hora de curtir a onda. Amanhã, amanhã é um tempo futuro.

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Imagem de perfil

De Rita a 14.06.2013 às 05:59

Que crescida! Que madura está a Mandarina! :) :) (A brincar! Sempre o foste, pelo menos desde que te conheci.)

(E vais ver, quando puderes ir de férias, nós não poderemos. E depois vamos ter ciúmes!) :P
Sem imagem de perfil

De Sílvia a 14.06.2013 às 09:18

Assim é que se fala! Com animo e optimismo tudo se consegue ;) Vais ver que passa rápido e em menos de nada já cá estás de férias! Ou então lá vais tu para mais uma das tuas férias paradisíacas :'( Por isso, não te queixes :p
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 19.06.2013 às 22:01

Mandarina, fez-me chorar.
Acho que eu, que podia ser sua mãe, não escreveria tão bem este responsabilidade de ser jovem.
Adorável.
Beijinho
Imagem de perfil

De mandarina a 21.06.2013 às 03:14

Olá Maria,
Obrigada pelas suas palavras, espero q tenha sido uma lagrimita alegre eheh obrigada :D grande beijinho

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D



Favoritos